Escolha uma Página

Coach e mentora Ana Lucia Tanaka
@trevo360

Como se preparar para uma entrevista? Essa é uma dúvida frequente. Em média, percebi que a maioria gasta cerca de 1, 2 horas ou menos na preparação. O que considero muito pouco. São raras as pessoas que, de fato, investem tempo estudando sobre a  empresa, criando um roteiro para as respostas ou simulando a conversa em si. Saber o que fazer antes, durante e depois do primeiro contato com o recrutador faz toda a diferença no resultado. 

Por isso, separei 5 dicas que considero fundamentais para ter sucesso no processo. Seguem abaixo:

1 – Estude a fundo sobre a empresa – eu disse, a fundo!

Aconselho não olhar só o site, missão, visão, valores, produtos da empresa, como a maioria, mas fazer uma “investigação” profunda. Onde ela está presente – fisicamente e online? Qual é a estrutura dela? O que as notícias falam sobre ela na internet? Como está o segmento no qual ela atua? Qual é o público alvo? Quais foram as últimas ações, campanhas e projetos realizados? Em quais causas ela está envolvida?   

Fazer essa investigação ajuda não só você a se preparar e mostrar para o recrutador que fez a lição de casa, mas também perceber quão alinhada a empresa está com a SUA missão, visão e valores. Sempre digo que é como se fosse um casamento.

2 – Prepare pelo menos uma ou duas perguntas para o recrutador

Antes da entrevista já deixe pensado em pelo menos uma ou duas perguntas que não sejam inconvenientes e que as respostas não estejam disponíveis no site. Lembre-se, da mesma forma que a empresa precisa gostar de você, você também precisa gostar dela. Deve ser um ganha ganha. São duas partes interessadas. Fazer isso também demonstra confiança e maturidade. Algumas perguntas que considero pertinentes: Como é a cultura organizacional? Por que você gosta de trabalhar aqui? Como será o dia a dia da pessoa nessa vaga?   

Outras perguntas podem estar relacionadas aos seus motivadores. Quando temos autoconhecimento sabemos exatamente o tipo de vaga nos atrai – por isso conhecer a cultura organizacional é importante-, o que nos move, quais são nossos top 5 para trabalhar em uma empresa. 

3 – Crie um roteiro de perguntas e respostas – veja as principais

Esteja preparado para responder as perguntas mais comuns como: 1 – Fale sobre você; 2 – Quais são seus pontos fortes e fracos? Por favor, sem resposta clichê; 3 – Como você se vê daqui a 5, 10 anos?; 4 – Por que você quer trabalhar aqui?; 5 – Quais foram suas maiores conquistas profissionais ou/e pessoais; 6 – Por que devo contratar você?

Ter as respostas na ponta da língua e estar preparado para qualquer pergunta fará com que você se sinta mais seguro e transmita confiança. Cuidado para não falar rápido demais e por mais que tudo já tenha sido ensaiado, fale com naturalidade rs

4 – Trabalhe a sua ansiedade

Crie rituais para relaxar antes da conversa. Eu, por exemplo, gostava de ouvir música e cantar no caminho, fazia a respiração diafragmática para relaxar os órgãos, meditava e focava naquilo que eu poderia controlar: EU MESMA. Se o entrevistador vai gostar ou não de você está fora de controle, foque no que está ao seu alcance. Lembre-se, você já está preparado.

5 – Pare de ver o recrutador como um ser de outro planeta

Preciso explicar? A pessoa sentada do outro lado da mesa é um ser humano assim como você. São apenas duas pessoas conversando para descobrir se os dois lados querem as mesmas coisas. Pronto, expliquei. 

Mesmo depois da entrevista você pode mandar um e-mail agradecendo a oportunidade e pelo tempo da pessoa que entrevistou você. 

Costumo dizer que é melhor fazer uma entrevista bem feita do que várias meia boca. Por isso, invista tempo na preparação para fazer uma entrevista com qualidade. Não desperdice chances. E após cada processo, sempre pare para pensar: o que eu fiz de positivo? O que eu poderia ter feito melhor?

Fazer essa análise faz com que você se desenvolva e esteja ainda mais preparado para a próxima. Espero ter ajudado e boa sorte! 😉